Arquivo da categoria ‘O Discípulo’

Diálogo Sobre Thelema

Publicado: 5 de abril de 2011 em O Discípulo


Indique ao Amigo

Indique ao Amigo

Billy Seixas

Clik e Vote na Enquête

Clik e Vote na Enquête

contador de acesso grátis
Hoje é Feriado, Vamos beber para comemorar

Hoje é Feriado, Vamos beber para comemorar

Seja sábio e libere aquele sentimento de ódio, de raiva, de rancor, de tristeza, de angustia,… Não dê a chave de seu corpo para o monstro sist dominar. Feche-o como fecha seus olhos ao dormir. Levante-se de si mesmo e siga o caminho, entre e viaje na força da Sociedade Alternativa sem deixar que o maldito sistema te alcance.

Aqui, decorrerá a sua Thelema e prevalecerá a força em equilíbrio. Desse momento tão valioso, deve sair de si mesmo, a lembrança do seu desejo, sobre uma grande reformulação que refarás o procedimento do fluxo e refluxo da energia fixada em seu corpo mental. Sua inspiração deverá andar rumo ao universo sobre o compasso do teu desígnio.

O Mestre Wiryd diz:

_ Segundo a lei, da ação e reação, ou, lei hermética, é preciso que seu domínio de si mesmo caminhe rente ao cintilante poder do teu desejo, atingindo assim, a abrangente forma de entender e interpretar, o forte e famoso circulo do triangulo das bermudas.

Você não deve entregar a guarda para o primeiro Zé que aparece em sua frente. É preciso estar e se sentir, forte emocionalmente, antes que o vazio constante da teimosia da mente sobre o efeito do medo, invada-o de boca adentro, fazendo-o se sentir exatamente derrotado com as coisas da vida.

O Mestre Wotan diz:

_ Apaixonar-se por si e pela a Sociedade Alternativa, é defender uma causa justa por uma reformulação para o bem de todos. Essa é uma experiência mágica e poderosa que açambarca a vida de todos àqueles que caminharem no Novo Aeon.
Todos os momentos e pensamentos do inicio até os últimos dias, do iniciado, deverão andar sobre o perfeito compasso musical da maestria da natureza. Mas, logo isso vai se transformar em um “relacionamento” íntimo, de você com você mesmo.

O Mestre Wiryd diz:

_ E, na realidade, TuDo vai voltar para a terra diante do princípio mais conhecido como a morte desafiadora dos nossos ânimos. É difícil você saber que terá que compartilhar a sua vida com uma coisa que você não vê e nem sabe como é. Mas, na medida em que vamos conversando sobre ela, parece que automaticamente vamo-nos convertendo sobre o entendimento de sua terrível e destruidora presença.

O Mestre Wotan diz:

_ O hoje é apenas um furo no futuro, por onde o passado começa a jorrar, eu aqui isolado, onde nada é perdoado, vi o fim chamando o princípio, para poderem se encontrar.
Se você não viveu o suficiente até agora, ainda temos tempo. Mas cuida, para não ser noite na sua existência, e, nem chegar ao ponto, onde, cuja essência perdeu o lugar, e, para não ser noite na sua existência. Mas sei que você ainda está ai pelos cantos, e, a Sociedade Alternativa, a luz, que veio ajudar você a se encontrar, está dentro de você, no ToDo de sua vida.

O Mestre Wotan diz:

_ Se você correu, correu, correu tanto e, não chegou a lugar nenhum, baby, ou baby, bem vindo ao Novo Aeon.

O Discípulo Billy Seixas

Livro: A Sociedade Alternativa como Ele Queria

Markcerto

Markcerto


Siga

Siga


Myspace

Myspace


Formspring

Formspring

A Loucura da Cidade

Publicado: 5 de abril de 2011 em O Discípulo


Indique ao Amigo

Indique ao Amigo

Billy Seixas

Clik e Vote na Enquête

Clik e Vote na Enquête

contador de acesso grátis
Eu Sou A Estrela do Abismo e do Espaço

Eu Sou A Estrela do Abismo e do Espaço

A Loucura da Cidade

O mundo hoje, caminha numa nova direção, porque sua cabeça aprendeu a pensar diferente do que você pensava antes. Use de sua força, prepare-se para a vida, ajudando aqueles que precisam do esclarecimento para sair da triste tortura. Tortura essa, que me dói no peito só de pensar que eles, ainda escravos; e, pior, não vêem.
Hoje, ao sair e passear pelas ruas da cidade, ao analisar o sistema e os transeuntes que transavam rua abaixo e rua acima, mesmo aqueles de carro e aqueles que iam a pé. Vi com meus olhos de aprendiz de aluno, que as necessidades de ambos era a mesma.

Triste imagem me assombrava a alma de ver que eles sobem e descem desesperadamente atrás do quê?
Quem me dera se eu pudesse gritar e fizê-los entenderem. Parem!
Abandonem essa loucura!

Deixe de lado esse desespero! Ninguém precisa disso! Cada um de vocês tem o direito e possa ficar no mesmo lugar de origem, na boa e sem este triste desespero.
Ouçam a voz da liberdade! Ouçam suas necessidades! Ouçam o corpo de vocês pedirem socorro!
A cidade poderia ser sem este triste barulho!

Nada dessa doideira de zum, zum de carros! Sosseguem-se em suas liberdades! Venham viver a vida em paz.
Ah! Mas não poderia eu fazer isso, porque mesmo querendo ajudá-los, eu seria visto como um louco.

Veja agora você leitor, quem é o louco! Eu, aqui numa boa com minha mente e com meu subconsciente, centrado em mim mesmo, traçando planos de papel num quarto, cinzas de aluguel, acordo sorrindo ao voltar das ruas alopatizadas, enfurecidas pelos vermes, bombados e escravizados pelo sistema que continua destruindo.
Então, fui eu, obrigado a deixá-los sofrendo, sem poder dar um único grito, por menor que fosse.

O Discípulo Billy Seixas

Livro: A Sociedade Alternativa como Ele Queria

Markcerto

Markcerto


Siga

Siga


Myspace

Myspace


Formspring

Formspring

O Destino

Publicado: 5 de abril de 2011 em O Discípulo

Indique ao Amigo

Indique ao Amigo

Billy Seixas

Clik e Vote na Enquête

Clik e Vote na Enquête

contador de acesso grátis

Estava num dia daqueles sem graça, de chuva caindo na vidraça! Sem pensar em nada, pois, nada tinha graça!
Quando de repente, me apareceu uma figura condutora que me chamava pelo nome e me dizia que eu era o seu Discípulo!
_ “Vem, Billy, meu Discípulo! Você pode, vem me acompanhe agora, já que tudo se transforma.

Anda, corre!”
_ “Luar é o seu nome ao avesso, não tem fim nem começo”!
Mas quem é você? Não te conheço, nunca te vi!
_ “Sou Wotan, o Cobra”!
_ “O que não existe para ser criado, aquele que está sempre com a novidade à pronta entrega, venha conhecer”!

O Amor é a Lei

O Amor é a Lei, mas Anor sobre Thelema

Ah! Sim! Gosto muito de saber do novo antecipado! Isso muito me atrai!
_ “É, eu sei! Foi por isso que te escolhi”!
Isso é um sonho? Perguntei-me, como se pudesse me responder àquilo que ainda não estava compreendendo!
Bem, onde estou? Que lugar é esse?
_ “Não se preocupe, este é um bom lugar para viver”!
Estava dentro de uma enorme casa branca, muito grande e lá estava comigo, Raul dos Santos Seixas, alguém que eu acabava de ver pela primeira vez!
Disse-me:
_ “Não vou mais cantar”!
Cantar? Como assim, você canta?
_ “Sim! Cantava há dez mil anos atrás”!
Mas, por quê; você não vai mais cantar?
_ “Não! Não vou mais cantar, agora você é o Raul Seixas”!
Como, cara? Eu não posso ser você…! Raul Seixas é você!
_ “Não! Vou dar o meu cavalo e a minha espada á você. Você é o Raul Seixas e vai cantar e dar continuidade ao que eu comecei! Você é o candidato para o Discípulo que escolhi mediante outros”.
_ “Confio em você”!
Sem entender o que estava acontecendo, fui levado para outra casa ainda maior, e, lá, estava o cavalo branco com burçal de ouro. Era a única tralha que havia no animal. Ele me mandou montar e me deu a Espada dizendo:
_ “Você agora é o Raul Seixas”.
Logo em seguida mandou que eu apeasse do cavalo e me chamou para conhecer sua esposa e seus filhos. Era uma mulher loira com três filhos. Dois lourinhos e um de cabelos negros e enrolados! Raul Seixas abraçava este último e dizia-me:
_ “Ta vendo Billy”!
_ “Este é o Billy”!
Fiquei quieto com as dúvidas daquele momento, perguntando-me; estou aqui e acabo de ganhar um cavalo e uma espada e, este tal Raul Seixas me vem com esse guri, com aparência de oito anos, dizendo que esse é o Billy. Não estou entendendo nada!
Como pode ser isso? O que isso quer dizer?
Voltamos, pegamos o cavalo e a espada e assim, voltei ao corpo físico perguntando-me, quem era o Billynho!
Sem o cavalo, sem a espada, sem o Mestre e sozinho, me coloquei a perguntar olhando-me no espelho!
Será que nós dois somos um só?
Será o Billy do passado?
Será que estou metido nos Dez Mil Anos Atrás de Raul Seixas?
Será isso uma retrospectiva do que já foi o Billy?
Será que o Billy nasceu para isso?
Não obtive a resposta da minha exclusiva necessidade.
Pois, precisava muito saber o que estava acontecendo comigo naquele dia 24 de agosto de 1989.
Ah! O reflexo dessa vida, me parece ser apenas a sombra da delicadeza da alma, que me faz pulsar a vida.
Preciso saber, mas antes, devo entrar!
A porta está aberta, já to dentro dela sem medo do desconhecido, que não me parece distante e nem assustador.

_ “Se você não está dentro da Sociedade Alternativa, não se preocupe, porque a Sociedade Alternativa sempre esteve dentro de você”. Ouvi isso de uma voz que apareceu, se aproximando cada vez mais e me chamando para o seu mundo.

No outro dia, fui levado novamente, e entrei nessa porta onde me levou ao quintal da mesma casa que tivera antes com o Mestre, e lá ele fez um ritual usando água e sal, e tudo foi realizado dentro de um lago que havia neste enorme quintal.
Ele tinha em seu pescoço, um símbolo redondo e enorme, tão grande que mais parecia com uma xícara do que um símbolo.
Suas palavras pareciam que vinham do alto, mas ao mesmo tempo eu podia vê-lo ali, bem perto de mim, no chão. Olhava para a sua boca, e ela nem se mexia, mas as palavras proféticas continuavam. Olhava para o alto e não via ninguém e não tinha ninguém próximo da gente…! Era incrível, poder acreditar em uma coisa que você não vê, mas que está ouvindo. Tudo me parecia muito diferente, e ai, não quis mais ficar preocupado e me concentrei nas palavras que diziam:

_ “Na Sociedade Alternativa, nada, nunca fica literalmente parado! Ela reformula a vida, sobre uma passagem igual a do Trem das 7 e depois, ela ressurge na viagem da grande Metamorfose Ambulante! Assim como as folhas das árvores. As borboletas também conhecem essa viagem. A força da Sociedade Alternativa, é um guardião, um mensageiro do Novo Aeon. No colo dessa força está concentrada, toda a origem dos milagres e do grande mistério da vida. Aqui se encontra a fé e o amor, num grau existente e real, como o sol é para a vida! Assim como a energia do sol, que faz crescer os frutos, ela também atua como a energia que cura, quando pura e incondicional. E aqui, você é protegido como a espécie Alternativa é protegida e dotada de livre-arbítrio”, porque Deus é vida que habita o seu corpo agora.
Para encerrar o Mestre se manifestou dizendo-me:
_ “Você recebeu o trono da casa da Sociedade Alternativa, e fica aqui selado, desde o quintal, até a entrada mais nobre do ministério, o Discípulo está pronto para assumir o seu desígnio”.
Wotan diz: “Somos aprendiz do aluno. Billy Seixas O Discípulo”.

Fui assim, batizado por ele e pela doce voz, em outros mundos distantes. Embora, eu não procurei, mas foi ele que me escolheu. Eu gostei. Achei interessante, sua energia me recicla.
Mas, Mestre, eu não gosto de barulho, não gosto de música.
_ “Acalme-se. Este é o único veículo para se dizer à verdade, sobre o que se pensa. Eu também, não gostava de música, mas era o veículo apropriado para minha época e, agora, para a sua também”.
_ “Você é uma parte minha que se divide entre o Bem e o Mal absoluto do nosso “novo real life” existencial, compondo assim, a grande História Viva, no Todo absoluto deste trabalho”.
É Mestre, mas sei que não vai ser nada fácil.
O Câncer de Deus, hoje, é vigiado pelo Leão que urge pela fome da Paz e da Justiça para todos, de uma forma igualitária.
Senti-me parte de sua carne, partícula de um mesmo átomo, na composição de sua história e no encontro fatal da Luz e da Estrela! Via-me dentro do Todo, do legado do grande poder, em seu verbo em mim, algo tão corrente, como se fosse às duas mãos, uma sobre a outra, que se dá em dois pólos fortíssimos como o Bem e o Mal na vida.

Uma voz suave veio do alto e diz:
_ “Sei o que você está pensando e posso saber também, como está se sentindo. Vou me retirar enquanto você se encontra com você mesmo, e, a hora que você se encontrar, voltará a brilhar”.
Era a voz do mestre Wiryd Thelema.

Apesar de meio assustado, posso dizer que passei por essa maravilhosa experiência misteriosa. Foi um grande encontro, tudo muito mágico! Sentíamo-nos como dois astros polarizados numa mesma oração como o corpo é para a mente, e o espírito é para a alma, como o ódio é para o amor, como a água é para a sede e a luz à escuridão.
Com todo aquele envolvimento, precisei me retirar urgente do local, porque me envolvi demais. Quando voltei ao corpo físico, tudo estava diferente a minha volta. As coisas que eu tocava, pareciam estar mais leve e meu corpo emanava um poder energético que não era meu. Minha natureza estava irreconhecível mediante a minha própria imagem. Mas era eu, quem estava ali. Só não entendia o porquê da estranha força que me envolvia cada vez mais.

Oh! Sol! Tu me assediaste com o todo poder de tua luz, mas à noite, me rouba essa energia que tu me enviaste a viver.
Oh! Lua! Servidora das noites, porque me prendeste sobre o seu oásis, seu lago quente, o seu amor?
Parece que descobri viver o segredo do universo. Com apenas 19 anos, com corpo de 16, e me sentido como uma pessoa de cabeça de Dez Mil Anos Atrás.
Não era nada fácil. Mas, este, era um desígnio que me foi dado, e, eu não tinha mais escolha, por ter sido o alvo da escolha.
A partir daí, minha vida mudou completamente, de mal para pior, no bom sentido. Com hábito de ler, passava noite, acordado, coisa que nunca tinha feito. Não saia mais de casa à toa. Pois, tinha que ter um bom motivo para deixar o rádio-Raul-livro.
Muitas coisas aconteceram, foi duro me acostumar com a nova vida! Passar por tudo isso, viver sem dormir, sempre sozinho, procurar coisas que não existiam neste plano tridimensional, somente no plano invisível… Energias, elétrons…

Comecei a usar óculos de graus, 1,5 no direito e 2,7 no esquerdo. O mundo ergueu-se sobre minha cabeça, de uma só vez.
Embora, eu já me achava fora do mudo, porém dentro, e a partir daí, comecei a vê-lo como uma grande escola, onde tudo era como; pai, mãe, irmão, família.
Pensei; acho que me deparei com um sutiã enorme! Vou entrar com os peitos.
Ah! Fiz-me de peito entrando neste enorme sutiã, sem dono, e lá fui eu com a cabeça cheia de idéias.
A primeira coisa que o Mestre me ensinou, foi à meditação. Disse-me que a meditação é a porta do conhecimento.
Bem, se é assim, então vamos lá, não vamos perder tempo. E ai ele começou a me mostrar, o seu segredo.
Nesse momento, o Mestre me ensina a tocar a primeira música de seu repertório; Medo da Chuva, o primeiro chiclete que masquei.

O Discípulo Billy Seixas Livro: Diálogo com Raul Seixas Direitos Reservados

Markcerto

Markcerto


Myspace

Myspace


Formspring

Formspring

Billy Seixas na Estrada

Publicado: 2 de abril de 2011 em O Discípulo


Indique ao Amigo

Indique ao Amigo

Billy Seixas

Clik e Vote na Enquête

Clik e Vote na Enquête

contador de acesso grátis
Não sei onde estou indo, mas sei que estou no meu Caminho

Não sei onde estou indo, mas sei que estou no meu Caminho

Certo dia, indo ao Paraguai, tive a infelicidade de passar por uma guarita onde havia um guarda que me parou e foi logo me dizendo:
_ “Você passou naquela curva em 120 por hora e a sua multa fica em R$ 120,00 reais”.
Eu digo: Poxa! Ele já calculou o valor da multa baseado na quilometragem. É bem sacanagem.
Estava desenvolvendo um trabalho ecológico na época, junto com toda a corporação da policial ambiental e monitorado do promotor do meio ambiente, Nelson Bugalho e fui logo dizendo:
– Seu guarda… Estou fazendo isso e aquilo e sou amigo do capital tal e do coronel tal e sou escritor e estou contribuído para o nosso belo quadro social, assim como o senhor o faz e coisa e tal…
Ele disse:
_ “Cadê os seus livros?”
Estou no carro de outra pessoa e meus livros estão no outro carro.
_ “Como é o nome dos seus livros?”
O primeiro é o Bem e o Mal. O segundo tem um título e um subtítulo. O título é São Se Foda (uma homenagem as causas perdidas) e o subtítulo é “Quem deve para Deus paga para o Diabo”.
Fui citando direto o subtítulo e o guarda deu um pulo para trás como se tivesse levado uma pancada na boca (consciência).
Imediatamente disse-me:
_ “Vá com Deus e vá mais de vagar”.
Digo amém.

Presidente Prudente madrugada
O galo já não canta mais
Billy Seixas

Texto Livro: A Sociedade Como Ele Queria
Adílson Palácio

Markcerto

Markcerto


Siga

Siga


Myspace

Myspace


Formspring

Formspring

O Discípulo

Publicado: 2 de abril de 2011 em O Discípulo


Indique ao Amigo

Indique ao Amigo

Billy Seixas

Clik e Vote na Enquête

Clik e Vote na Enquête

contador de acesso grátis

Billy Seixas O DISCÍPULO Seguidor, Músico, cantor, compositor, escritor, ator e roteirista de dois filmes inéditos.

Billy Seixas O Discípulo de Raul seixas

Billy Seixas O Discípulo de Raul seixas

http://www.youtube.com/watch?v=Q2pzuRmzi8Y

É uma rara homenagem Viva de Raul Seixas, o qual viajou no dia 21 de agosto de 1989, para outro planeta. Três dias depois, o Discípulo é procurado pelo seu Mestre e, foi convocado a se transformar no próprio Mestre, traçando assim, o caminho místico de Maluco Beleza, numa compreensão de Metamorfose Ambulante, direto com a experiência da Sociedade Alternativa.

Banda História Viva

Markcerto

Markcerto


Siga

Siga


Myspace

Myspace


Formspring

Formspring

No Fórum

Publicado: 2 de abril de 2011 em O Discípulo

Indique ao Amigo

Indique ao Amigo

Billy Seixas

Clik e Vote na Enquête

Clik e Vote na Enquête

contador de acesso grátis

Imprimatur Sociedade Alternativa

Fórum
Este é o seu, o nosso espaço especial, onde podemos expor as nossas idéias de maneira livre, sem ninguém nos impedir. As suas idéias é você. E você é tão importante quanto qualquer outro.

Idéias
Todas as idéias são bem vindas. Não temos nenhum limite sobre o que você quer pensar ou viver. Aqui é o seu, o nosso espaço para pensarmos e falarmos o que quisermos. Há de ser tudo da Lei.

Você é parte da Sociedade Alternativa

Você é parte da Sociedade Alternativa

Liberdade
A sua liberdade é o seu direito. Aqui você é a sua justiça e ninguém tem direito de privar você desse direito. Porque você tem o dever de te dá esse direito para expressar a não ser, a sua Thelema.

Thelema
Thelema (vontade) é a nossa Lei, onde você é embaixador do seu próprio País. E quem quer que seja que bota as mãos sobre você para te governar. Pois, o declare seu inimigo.

Unidade
Aqui somos um. Unidade Múltipla Perfeita, onde você nunca estará só. Pois, estarei com você.
Viva a Sociedade Alternativa

Billy Seixas
Você é parte da Sociedade Alternativa

Markcerto

Markcerto


Siga

Siga


Myspace

Myspace


Formspring

Formspring

Billy Seixas

Publicado: 2 de abril de 2011 em O Discípulo

Indique ao Amigo

Indique ao Amigo

Billy Seixas

Clik e Vote na Enquête

Clik e Vote na Enquête

contador de acesso grátis

Eu vim de Nepal, onde todos os Tarus dividem todas as coisas e ninguem é dono de nada. Tudo é de todos e a idéia partilhada é harmônica sobre a perfeita organização coletiva.
Namaste (O Deus que está em mim saúda o Deus que está em você).

O Caminho

O Caminho do Discípulo

MEDITAÇÃO

Ohm mane padme ohm

Jovem amiga (o)

Relaxe sua mente, seu corpo e esqueça as coisas da vida. Pense agora, somente em seu maior desejo:
_ Liberdade, paz mental e espiritual.

Faça isso todas as noites quando for dormir.

A minha mente vive num corpo perfeito e saudável. Sei que sou criado a imagem e semelhança de Deus e possuo o poder desse verbo com uma natureza espiritual. Sei também que o espírito não pode ficar doente, nem envelhecer e nem morrer. Acredito nessa força de Deus Eu na gente como o elo da perfeição da imortalidade na minha alma, alcançando a paz e me fazendo saudável e eterno.

EU SOU REALIZADA (O), NO AMOR INFINITO EM ABUNDÂNCIA COM DEUS.

Complete-se consigo mesmo…

Billy Seixas O Discípulo

Markcerto

Markcerto


Siga

Siga


Myspace

Myspace


Formspring

Formspring